Ausência de Serra não significa racha, diz Alckmin

O governador de São Paulo e candidato do PSDB à Presidência da República, Geraldo Alckmin, voltou a afirmar que o partido não está rachado e que a ausência do prefeito da capital paulista no anúncio de sua candidatura não indica uma divisão."Pelo contrário, quero até destacar aqui o enorme desprendimento do prefeito José Serra", disse ressaltando que seu primeiro ato como candidato foi tomar uma café com Serra. "Nunca tivemos uma relação tão boa", emendou.Segundo Alckmin, o PSDB marchará unido na campanha e o prefeito irá trabalhar pelo projeto político do partido. "Quem apostar na divisão do PSDB vai errar. Até porque o prefeito é um homem de espírito público, espírito partidário. Vamos marchar juntos, unidos, falamos a mesma língua, trilhamos o mesmo caminho, que é trabalhar pelo Brasil", disse.Para o governador, não houve necessidade de fechar um compromisso para que o prefeito subisse no seu palanque, mas que ambos estarão juntos na campanha. "É evidente que vamos estar juntos, trabalhando pelo País."As declarações do candidato foram dadas na abertura de um congresso internacional de 10º Congresso Mundial de Jovens Empreendedores, que acontece na cidade de São Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.