Aumento vai beneficiar 900 funcionários em BH

Em sessão extraordinária, a Câmara de Belo Horizonte aprovou no sábado reajustes nos vencimentos de 900 servidores das administrações direta e indireta do Executivo. O impacto dos aumentos para os cofres públicos será de R$ 46 milhões ao ano. A tramitação do projeto foi acelerada para que a legislação fosse publicada no prazo para a concessão de reajuste, conforme a Lei Eleitoral - que prevê que nenhum aumento pode ser concedido faltando 180 dias para a eleição.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.