DIDA SAMPAIO/ESTADÃO
DIDA SAMPAIO/ESTADÃO

Aumento de investimento no Brasil é uma das principais fontes para melhorar produtividade, diz Barbosa

Segundo ministro do Planejamento, embora País esteja se esforçando na busca por investidores, simplificar a estrutura tributária também traria maior eficiência

Rachel Gamarski e Bernardo Caram, O Estado de S. Paulo

03 de setembro de 2015 | 11h40

BRASÍLIA - Em meio a uma crise econômica, o ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, afirmou, nesta quinta-feira, 3 que o mercado gera desigualdade e volatilidade. "A economia de mercado é uma grande máquina de produzir crescimento e aumento de produtividade, mas o mercado gera desigualdade e muita volatilidade", afirmou. Para o ministro, o País está num esforço de aumentar o investimento. "Aumentar investimento, volume de capital é umas das fontes principais de aumento de produtividade", disse. 

Num país com uma grande desigualdade social, Barbosa ressaltou que o Brasil entra agora num estágio mais difícil de continuação da inclusão social. "Essa continuação deve se dar por provisão de serviços públicos de qualidade", completou. 

Atrás de vários países quanto ao desenvolvimento tecnológico, Barbosa ressaltou que "o Estado tem papel importante na promoção do desenvolvimento tecnológico do Brasil, que está atrás do resto do mundo em várias questões e que pode fazer um salto e aumento de produtividade". 

De acordo com o dirigente do Planejamento, simplificar a estrutura tributária brasileira aumenta a produtividade. "É como fazer estradas, ampliar a oferta de energia, as empresas gastam menos tempo e o governo gasta menos tempo", finalizou. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.