Aumentam assassinatos na capital baiana

Subiu para 12 o número de mortes violentas ocorridas nas últimas 24 horas na capital baiana, total equivalente ao registrado nos fins de semana mais violentos da cidade. Os três últimos registros foram de um lavador de carros, conhecido como "Buguelo", morto a tiros no Beco Maria Paz, centro de Salvador, e dois desconhecidos foram encontrados crivados de balas numa ladeira do Bairro Iapi. Para piorar a situação, os presos da Penitenciária Lemos Brito, a maior do Estado, iniciaram uma rebelião no meio da manhã porque não receberam o café. Eles queimaram colchões e arrombaram várias celas, mas foram convencidos pelo Batalhão de Guarda da Penitenciária, que está em greve, de que poderão receber visitas amanhã.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.