Auditores fiscais farão greve de 24 horas amanhã

Os auditores fiscais da Receita Federal decidiram paralisar suas atividades amanhã, reivindicando "reajuste emergencial" de 21,66%. É a segunda greve de 24 horas dos auditores em duas semanas. Serão feitos protestos nas principais capitais do País. A greve, segundo o sindicato nacional da categoria, acarretará maiores dificuldades para o comércio exterior, especialmente para o ingresso de cargas pelos aeroportos, portos e fronteiras secas. No Rio, nas áreas de alfândega, no porto e no Aeroporto Internacional Antônio Carlos Jobim, só serão liberadas as mercadorias perecíveis e as cargas de animais vivos e remédios. No desembarque de passageiros, será realizada operação-padrão. Está prevista ainda a interrupção das atividades do plantão de atendimento aos contribuintes da Receita.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.