Auditores da Receita estão em greve desde a 0h

Os auditores da Receita Federal decidiram nesta terça-feira iniciar uma greve de quatro dias a partir da zero hora de hoje. A greve será interrompida no fim de semana e uma nova paralisação de 96 horas começará à zero hora do dia 19.A greve foi decidida em assembléias estaduais realizadas pelo Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais (Unafisco). Os fiscais estão programando operação-padrão nos portos e aeroportos de todo o País, o que provavelmente vai provocar filas. As delegacias da Receita, que operam a parte administrativa, vão parar. O serviço de recepção de declarações do Imposto de Renda da Pessoa Física 2004 pela Internet não deverá ser interrompido. A greve também abrange funcionários de apoio, como secretárias, copeiros e técnicos de informática. Só não vão parar os técnicos da Receita.A greve foi deflagrada porque os fiscais não aceitaram a proposta apresentada pelo governo, que prevê reajustes salariais de até 30%, condicionados ao cumprimento de metas de aumento da arrecadação. Eles também não concordaram com a proposta do governo de dar um aumento diferenciado aos fiscais aposentados, que teriam teriam reajuste de até 3%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.