Atraso no pagamento de contas da prefeitura preocupa Serra

O prefeito eleito de São Paulo e presidente do PSDB, José Serra, disse que sua preocupação central com a Prefeitura de São Paulo é com o atraso no pagamento de contas e que espera que a administração efetue os pagamentos para não prejudicar os serviços públicos e, portanto, a comunidade.Disse que ainda não se encontrou com a prefeita Marta Suplicy (PT) nem com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e que ainda não há nada previsto nesse sentido. Serra não quis antecipar nenhum nome de seu futuro secretariado.Ele disse que seu partido vai defender a manutenção da verticalização nas próximas eleições. Por esse sistema, devem ser reproduzidas, nas eleições para governador de Estado, as mesmas alianças partidárias feitas para a eleição presidencial. "Isso é o mais correto do ponto de vista partidário", afirmou Serra, na sede do PSDB, em Brasília, onde reuniu hoje a executiva nacional do partido.Essa posição foi tomada na reunião onde foram discutidos os pontos que os tucanos vão defender na Reforma Política, que está em tramitação na Câmara dos Deputados. Serra anunciou também que, em 1º de dezembro, será realizado, em Brasília, um encontro com todos os 871 prefeitos eleitos em outubro deste ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.