Atos vão lembrar massacre de Carajás

A Via Campesina está organizando manifestações por todo o País para lembrar o massacre de Eldorado dos Carajás, ocorrido no dia 17 de abril de 1996. Na ocasião, 19 trabalhadores rurais foram mortos em confronto com policiais militares. Haverá invasões de terras, marchas, atos públicos. Na terça-feira, os sem-terra montam um acampamento no centro de Belém, para cobrar a punição dos responsáveis. Entre os 144 indiciados pelas mortes, dois foram condenados até agora: o coronel Mário Pantoja e o major José Oliveira. Eles aguardam em liberdade o julgamento dos recursos das sentenças.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.