Marcos Arcoverde/Estadão
Marcos Arcoverde/Estadão

Ato na igreja da Candelária pede renúncia de Temer

Protesto, que conta com milhares de pessoas, também terá caminhada até a Cinelândia

Fábio Grellet, O Estado de S.Paulo

18 de maio de 2017 | 18h02

RIO - Manifestantes que protestam contra o presidente Michel Temer no Rio de Janeiro, na noite desta quinta-feira, 18, começam a se concentrar na Cinelândia, no centro, às 19h45, após caminhar pela avenida Rio Branco desde as imediações da igreja da Candelaria. 

Milhares de pessoas participam do ato, que segue pacífico. Desde a concentração, que começou por volta das 17h, discursos se alternam com palavras de ordem contra o presidente.

Um caixão com fotos de Temer, sobre o qual foram colocadas mais de dez velas acesas, foi transportado por servidores municipais e estaduais em cortejo da Candelaria à Cinelândia.

Na Cinelândia, em frente ao Teatro Municipal, são vendidos por R$ 10 panos de chão com a imagem de Temer e a palavra "golpista".

Estudantes apresentam coreografias e paródias musicais em que exigem eleições diretas e criticando o presidente. "Temer golpista, ladrão e vigarista" é um dos coros repetidos pela multidão.

Tudo o que sabemos sobre:
Michel TemerPMDBPolícia Militar

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.