DANIEL TEIXEIRA ESTADAO
DANIEL TEIXEIRA ESTADAO

ATÉ ORAÇÃO PELO SUCESSO DO VICE

No Jaburu, bancada evangélica reza por Temer

Isabela BonfimLuciana Nunes LealBRASÍLIA, O Estado de S.Paulo

15 de abril de 2016 | 07h10

A movimentada agenda do vice-presidente Michel Temer ontem teve uma pausa para oração. Foi conduzida pelo deputado e pastor Lincoln Portela (PRB-MG), um dos 20 integrantes da Frente Parlamentar Evangélica da Câmara que chegaram de van ao Palácio do Jaburu, onde, desde terça-feira, Temer recebe visitas. “Fizemos uma oração por ele (Temer), para que, na hipótese de assumir a Presidência, Deus o capacite e dê discernimento para tomar as decisões mais adequadas para o País”, disse o deputado João Campos (PRB-GO), presidente da frente. Segundo Campos, só “dois ou três” dos 92 parlamentares da bancada evangélica não votarão pelo impeachment.

Os deputados pediram a Temer que, se for presidente, ouça os evangélicos na discussão sobre políticas públicas voltadas à inclusão social e atenção aos adolescentes. “Nos governos do PT, nunca pudemos colaborar, não sei se por preconceito ou outra motivação”, afirmou Campos. Segundo o parlamentar, Temer foi “cauteloso”.

“Ele disse que ainda não há nada decidido, mas que, se acontecer de assumir a Presidência, abrirá um diálogo não só com os partidos, mas com a sociedade. Temer lembrou a capilaridade do segmento evangélico e o diálogo direto com grande número de pessoas”, afirmou Campos.

‘Buraco’. Também estavam no encontro os deputados do Partido Social Cristão (PSC) Marco Feliciano (SP) e André Moura (SE) e o peemedebista Leonardo Quintão (MG). “Pedimos que Deus possa ajudar Temer a tirar o Brasil do buraco”, disse Quintão. De van, os deputados do PSC desembarcaram na residência oficial do vice para “dar uma palavra de apoio” e fazer uma “oração”. “O PSC já fechou 100% a favor do impeachment. Por isso, fomos cumprimentar o Michel e desejar boa sorte”, afirmou André Moura.

Ele ressaltou que tem frequentado o palácio ao menos quatro vezes por dia e em todas ocasiões tem levado novos integrantes da bancada evangélica para apresentá-los a Temer. “É um gesto de apoio, de solidariedade. Fizemos uma oração por ele, pelo Brasil”, afirmou o deputado Gilberto Nascimento (PSC-SP). O vice também recebeu ontem o deputado Mauro Lopes (MG), que deixou o Ministério da Aviação Civil para reassumir a vaga na Câmara. / COLABOROU ERICH DECAT

Notícias relacionadas

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    Tendências:

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.