Associação dos Correspondentes condena expulsão

A Associação dos Correspondentes de Imprensa Estrangeira divulgou hoje nota em que condena a expulsão do jornalista Larry Rother, correspondente do New York Times no Brasil, e manifesta o temor de que a medida seja um alerta para que os correspondentes só escrevam matérias que agradem ao governo. A íntegra da nota é a seguinte."Nota para imprensaIndependentemente do conteúdo da matéria do jornalista Larry Rohter do New York Times, a Associação dos Correspondentes de Imprensa Estrangeira considera a revogação do visto, ou melhor, a expulsão dele do Brasil, um ato muito grave que fere a liberdade de imprensa e lembra os períodos mais obscuros da história do País. Lamentamos muito essa decisão que não está de acordo com os princípios de uma sociedade livre e democrática. Tememos que essa atitude drástica seja um aviso para os correspondentes estrangeiros no sentido de que para trabalhar no Brasil devem escrever matérias que agradem ao Governo. A Diretoria"

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.