Associação de Parentes de Vítimas alerta para prazos

Em nota divulgada em São Paulo, a Associação Brasileira de Parentes e Amigos das Vítimas de Acidentes Aéreos (Abrapavaa) orientou os parentes da aposentada que morreu em um acidente com um avião da TAM e de outras pessoas prejudicadas no acidente a ficarem atentas ao inquérito policial e ao relatório da investigação do DAC.Isto porque, segundo a associação, o prazo para as famílias entrarem na Justiça com pedidos de indenização é de dois anos e "não existe no Brasil prazo para entrega de relatório final".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.