Assinatura em carta enviada a banco suíço é de Maluf

Dois laudos periciais encomendados pelo Ministério Público Estadual (MPE)concluíram que a assinatura que aparece na carta enviada em 1996 ao UBS de Zurique, pedindo transferência de US$ 100 milhõespara o UBS de Londres, é mesmo do ex-prefeito e candidato do PP à sucessão paulistana, Paulo Maluf. Os trabalhos assinadospelos peritos Edmundo Braun, da Academia da Polícia Civil de São Paulo, e Ricardo Molina, da Universidade de Campinas(Unicamp), também afirmam que não há indícios de fraude na carta, o que confronta a tese do ex-prefeito segundo a qual suaassinatura poderia ter sido incluída indevidamente no documento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.