Assessoria do TSE quer rejeição de contas do PT e ressarcimento de R$ 7,3 mi

Relatório do TSE aponta irregularidades no uso do Fundo Partidário

Ricardo Galhardo, O Estado de S.Paulo

25 de abril de 2017 | 05h00

A assessoria técnica do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) recomendou a rejeição das contas do PT referentes ao exercício de 2011 e o ressarcimento aos cofres públicos de R$ 7,3 milhões por supostas irregularidades no uso de verbas do Fundo Partidário. 

As contas de 2011 do PT serão julgadas nesta quinta-feira, 27. Nesta terça-feira, 25, o plenário do TSE julga as contas do PPS, PSC e PT do B. Nos três casos a assessoria do tribunal também recomendou a reprovação das contas e ressarcimento de R$ 3 milhões, R$ 1,2 milhão e R$ 188 mil, respectivamente, por suspeitas de mal uso de verbas do fundo.

Em março, o Estado revelou que recursos do Fundo Partidário que deveriam ser usados para custear atividades das legendas pagaram aluguel de jatinhos e despesas pessoais de seus dirigentes. 

Os quatro processos que serão julgados nesta semana prescrevem no dia 30 de abril. O mais vultoso deles é o do PT. Além de apontar dezenas de irregularidades formais, o relatório da assessoria do TSE considera ilegais dois pagamentos no valor de R$ 1,8 milhão cada feitos aos bancos BMG e Rural. 

Simulações. A assessoria afirma que os alegados empréstimos feitos pelo PT junto a estes bancos foram considerados simulações pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no julgamento do mensalão. Além disso, o relatório indica falta de comprovantes de R$ 700 mil em aluguel de aeronaves. 

No caso do PPS, o relatório aponta o pagamento de R$ 9,50 por uma caipirinha e R$ 160 por duas garrafas de vinho, o que é vedado pela lei. “Se o TSE julgar irregular o PPS vai devolver o dinheiro”, disse o advogado da sigla, Marcus Paulo Santiago.

O PT foi procurado por meio da assessoria de imprensa mas não se manifestou. O PSC afirmou ter apresentado ao TSE documentos que comprovam a realização de serviços apontados pela assessoria do tribunal. 

O PT do B disse ter apresentado documentos “capazes de sanar todas as irregularidades”.

Tudo o que sabemos sobre:
TSEPTSTFPPSPSCPt do B

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.