Assessor de Michel Temer morre em Pernambuco

O assessor do vice-presidente eleito Michel Temer (PMDB), Julio Bono, morreu afogado ontem em Porto de Galinhas.

KÍVIA COSTA, Agência Estado

13 de novembro de 2010 | 17h10

Bono estava em viagem de descanso no litoral de Pernambuco e teria sido arrastado pela correnteza. Ele era Coronel da Polícia Militar e assessor de Temer há mais de 20 anos.

Michel Temer voltou hoje de Buenos Aires, onde estava em missão oficial para representar o Congresso brasileiro. Ele irá ao enterro de Bono, que está marcado para as 10h de amanhã, em Brasília, informaram assessores de Temer.

Em nota, a Juventude do PMDB manifestou "pesar" pelo falecimento de Julio Bono.

Tudo o que sabemos sobre:
MorteJulio BonoMichel Temer

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.