Ailton de Freitas/Agência O Globo
Ailton de Freitas/Agência O Globo

Casa Civil esclarece que Giles Azevedo continua na equipe de Dilma

Diário Oficial da União desta segunda mostrou mudança de função de Azevedo; antigo cargo foi extinto, de acordo com a pasta

Carla Araújo e Luci Ribeiro, O Estado de S.Paulo

13 de junho de 2016 | 08h28

BRASÍLIA - A Casa Civil da Presidência esclareceu nesta segunda-feira, 13, que Giles Azevedo continuará assessorando a presidente afastada, Dilma Rousseff, e não atuará na equipe do ministro Eliseu Padilha.  Nesta segunda, o Diário Oficial da União trouxe a nomeação de Azevedo para exercer o cargo de assessor especial da Subchefia de Análise e Acompanhamento de Políticas Governamentais da Casa Civil da Presidência da República.

No entanto, segundo o esclarecimento da pasta, o assessor de Dilma teve de ser nomeado nessa nova função porque a anterior que ele ocupava foi extinta na reorganização dos cargos da Presidência feita por Michel Temer.

Azevedo, que vem assessorando Dilma desde quando ela era ministra de Minas e Energia, estava no cargo de secretário executivo do Gabinete Pessoal da presidente afastada, desde maio. 

Outras nomeações. O Diário Oficial de hoje ainda traz a nomeação de Erivaldo Oliveira da Silva para presidente da Fundação Cultural Palmares (FCP), ligada ao Ministério da Cultura, e de Luislinda Dias de Valois Santos, para secretária especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial do Ministério da Justiça e Cidadania. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.