Assessor de deputado do PSL posta vídeo em que cita Janot e descarrega arma em retrato de Lula

'Bota uma foto e descarrega', diz o servidor em recado para o ex-procurador-geral da República

Paula Reverbel, O Estado de S.Paulo

30 de setembro de 2019 | 18h39

O policial civil e assessor parlamentar José Alberto Bastos Vieira Junior, conhecido como Inspetor Alberto, divulgou no domingo um vídeo em que descarrega arma em um retrato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Vieira Junior é servidor ativo da Assembleia Legislativa do Ceará, lotado no gabinete do deputado André Fernandes de Moura (PSL-CE).

No vídeo, publicado em seu perfil no Instagram, Vieira Junior manda um recado ao ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot. "Janot, a gente faz é assim, pra não tirar a vida de ninguém: bota uma foto e descarrega", afirma. "Sai toda a raiva", completa.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Inspetor Alberto (@inspetoralberto) em

O vídeo faz alusão ao fato de o procurador ter dito ao Estado que teve, no passado, a intenção de matar a tiros o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal. Janot afirmou inclusive que chegou a ir armado a uma sessão da corte.

No mesmo post, o assessor escreveu: "Janot quando um BANDIDO coloca uma pedra no seu caminho você descarrega sua raiva desse jeito, depois BA BAU".

Inspetor Alberto tem 58 anos e foi candidato a 2º suplente do Ceará pelo PSL nas eleições de 2018. Em seu perfil no Instagram, se apresenta como policial e assessor, além de apoiador do presidente Jair Bolsonaro, cristão, armamentista e olavista.

O Estado não conseguiu entrar em contato com o deputado André Fernandes.

Ele, que também se descreve como bolsonarista, comentou o caso em suas redes sociais. "Sobre o meu assessor que fez um vídeo polêmico atirando numa foto do Lula: É um senhor de 58 anos de idade, 35 anos como policial civil, pai e avô. Tem idade e maturidade suficiente para responder pelos próprios atos!", escreveu. "Se quiserem saber de algo, que o procurem", acrescentou.

O perfil do deputado no Instagram curtiu o vídeo de seu assessor.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.