Assentados ganham faculdade exclusiva

Assentados da reforma agrária ganharam curso superior exclusivo - de Pedagogia - na Universidade Federal de São Carlos, uma das mais conceituadas do País. Os aprovados no processo de seleção são provenientes de assentamentos de todo o Estado. A maioria integra os quadros do Movimento dos Sem-Terra (MST). O conteúdo programático foi elaborado com a participação do MST e de outros movimentos. A aula inaugural para a primeira turma, de 60 alunos, foi dada terça-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.