Assentados do MST ocupam agência bancária em Maceió

Cerca de 100 pequenos produtores rurais, de três assentamentos ligados ao MST, ocuparam nesta terça-feira, no fim da manhã, a agência do Banco do Nordeste em Maceió.Eles protestavam contra os juros altos e o atraso na liberação de recursos do governo federal para o custeio da lavoura em três assentamentos localizados no município de Atalaia, a 48 quilômetros de Maceió.A desocupação da agência aconteceu no início da tarde, depois que uma comissão de assentados foi recebida pela gerência do banco. Segundo o gerente-geral da agência, Jorge Luiz Cardoso, os assentados queriam a liberação imediata dos recursos do Programa Nacional de Agricultura Familiar (Pronaf)."Nós explicamos que os projetos para liberação de R$ 1,1 milhão estão em fase de análise e deverão ser liberados até o dia 30 de maio", informou Cardoso, acrescentando que depois disso os agricultoresdesocuparam a agência.Segundo ele, a agência do banco em Palmeira dos Índios, em Alagoas, ocupada na terça-feira porpequenos produtores, também foi desocupada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.