José Patrício/AE - 20.10.2011
José Patrício/AE - 20.10.2011

Assembleia vai divulgar nome de funcionários no sábado, afirma líder do PSDB

De acordo com Orlando Morando, a Casa recebeu notificação judicial com ordem da publicação dos nomes de todos os servidores, comissionados e efetivos da Casa

Jair Stangler, do estadão.com.br

09 de dezembro de 2011 | 08h20

O líder do PSDB na Assembleia Legislativa de São Paulo, deputado Orlando Morando, afirmou nesta quinta-feira, 8, que a Casa irá divulgar a lista com os nomes de todos os servidores, comissionados e efetivos, da Casa. De acordo com ele, a Assembleia recebeu a notificação judicial ordenando a divulgação da lista nesta quinta.

 

A Casa teria ainda um mês para divulgar a lista a partir da notificação, mas, de acordo com o tucano, decidiu divulgar logo. "Eu tomei conhecimento disso em reunião que tivemos do colégio de líderes. O presidente decidiu que no próximo sábado será publicada a lista com todos os funcionários comissionados e efetivos da Assembleia Legislativa de São Paulo. Funcionários que, eu insisto em dizer, já tiveram seus nomes publicados em Diário Oficial quando foram contratados agora serão divulgados em uma única listagem", disse. Ele afirmou desconhecer quais os dados serão divulgados, uma vez que não teve acesso a sentença judicial.

 

"Pelo que eu fiquei sabendo vai ser uma lista em ordem alfabética com os nomes e cargos", afirmou outro deputado, que preferiu não se identificar. Ele não soube informar se as respectivas lotações seriam divulgadas.

 

A assessoria de imprensa da Casa afirmou que a Assembleia deverá se pronunciar sobre o fato na sexta-feira, 9.

 

Pedido do 'estadão.com.br'. O estadão.com.br protocolou nesta quinta, 8, um pedido formal à Mesa Diretora da Assembleia Legislativa de São Paulo para a divulgação da lista de servidores lotados na Casa. O documento foi registrado no serviço de protocolo geral do Legislativo paulista e na Procuradoria da Casa. O pedido foi feito com base na Lei do Acesso à Informação, que regulamenta a consulta de documentos públicos. De acordo com a assessoria de imprensa da Assembleia, o pedido foi encaminhado para a Secretaria Geral administrativa, que irá analisar o pedido.

 

Desde o início do mês, o estadão.com.br pede aos deputados da Assembleia a divulgação de suas listas de servidores. Até agora, apenas 14 deputados e a liderança do PDT enviaram as listagens. A casa tem 94 parlamentares e quase 4.000 servidores.

 

A luta na Justiça pela divulgação da lista completa com nomes e funções dos servidores da Casa começou há 11 anos. Na última decisão, a Justiça de SP ordenou que o Legislativo divulgasse a lista em "periódico oficial". A Casa justifica-se dizendo que ainda não foi notificada da decisão. / COLABOROU FÁBIO SERAPIÃO, DO JT

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.