Assembléia recebe nova denúncia contra governo no RS

O procurador geral de Justiça do Rio Grande do Sul, Claudio Barros Silva, prometeu encaminhar à Assembléia Legislativa, nos próximos dias, cópia de todos os documentos entregues pela agente de viagens Maria Angela Fachin ao promotor Darwin Ferraz Reis, quando ela denunciou tráfico de influência do diretor do Clube de Seguros da Cidadania e da empresa Pangea Turismo e Viagens, Diógenes de Oliveira, no governo gaúcho. Os deputados de oposição pediram para ver os documentos, que comprovariam uma licitação de cartas marcadas favorecendo a Pangea, e o uso da empresa para repassar doações ao PT, para decidir se abrem uma Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar o caso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.