Assembleia do RS nega pedido de impeachment de Feijó

O presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, Ivar Pavan (PT), arquivou hoje o pedido de impeachment do vice-governador Paulo Afonso Feijó (DEM) feito pelo deputado estadual Coffy Rodrigues (PSDB) no dia 13 de agosto. Em sua decisão, Pavan considerou que a denuncia apresentada pelo parlamentar tucano é inconsistente para justificar a abertura de um processo contra o vice-governador.

ELDER OGLIARI, Agencia Estado

06 de outubro de 2009 | 20h51

No pedido, Rodrigues acusou Feijó de improbidade administrativa porque uma das empresas da família do democrata prestou consultoria à Universidade Luterana do Brasil (Ulbra). Pavan lembrou ainda que, ao analisar o mesmo tema, o Ministério Público Estadual concluiu que as ações praticadas pelo vice-governador não configuraram condutas ilícitas.

Tudo o que sabemos sobre:
impeachmentRSPaulo Afonso FeijóDEM

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.