Assembleia do RS aprova fim do 14º e 15º salários

A Assembleia Legislativa aprovou a extinção do 14º e 15º salários dos deputados estaduais do Rio Grande do Sul por 33 votos a zero, nesta terça-feira. Como a casa tem 55 parlamentares, a economia estimada é de R$ 6,6 milhões a cada legislatura. A decisão acompanha a da Câmara Federal, que fez o mesmo em 27 de fevereiro. Os deputados estaduais gaúchos ganham R$ 20 mil por mês, equivalentes a 75% do valor pago aos deputados federais. Se continuassem com o benefício adicional, receberiam uma média superior ao teto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.