Assassinos de índio vão a júri em SP

O Tribunal Regional Federal da 3.ª Região transferiu para São Paulo o julgamento dos acusados pelo assassinato do índio guarani Marcos Veron, ocorrido em janeiro de 2003, em Juti, cidade do interior de Mato Grosso Sul. O TRF tomou a decisão por recomendação do Ministério Público Federal, com o objetivo de garantir a imparcialidade do júri. O crime ocorreu durante disputa por terras na região.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.