Assaltantes atacam BB em dia de pagamento

Quatro assaltantes roubaram, hoje pela manhã, uma grande quantia de dinheiro de uma agência do Banco do Brasil em Cuiabá. O gerente Arlindo Pazzin e o cliente Galindo Paiva foram mantidos como reféns pelos bandidos, durante a fuga. Os assaltantes chegaram ao local por volta das 9 horas, quebrando a porta de vidro da agência a marteladas, e dispararam três tiros de metralhadora.Numa ação rápida que durou aproximadamente cinco minutos, segundo testemunhas, os criminosos roubaram o dinheiro dos malotes que foram deixados no banco por um carro-forte. O dinheiro seria utilizado hoje para o pagamento do funcionalismo público de Mato Grosso. Os bandidos fugiram em dois veículos - um Astra verde e Vectra preto, levando os reféns, que foram liberados depois de 15 minutos. A polícia ainda não tem pistas dos assaltantes. A agência voltou a funcionar a partir das 13h30. Além dos dois reféns, os assaltantes ainda renderam o coronel da Polícia Militar Nelson Conceição de Barros, que fazia um saque no caixa eletrônico. Segundo o coronel, o assalto não durou três minutos. Segundo o delegado Antônio Carlos Garcia, da Delegacia de Roubos e Furtos de Cuiabá, o assalto foi semelhante a outro roubo ocorrido em dezembro do ano passado em outra agência do Banco do Brasil, quando foram levados R$ 200 mil. Ele não descarta de que os assaltantes façam parte da mesma quadrilha.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.