Clovis Miranda/A Crítica
Clovis Miranda/A Crítica

Artur Virgílio (PSDB) conquista a Prefeitura de Manaus

Com 65,95% dos votos, vitória do tucano é considerada a mais importante para o partido este ano

ALFREDO JUNQUEIRA, Agência Estado

28 de outubro de 2012 | 21h57

Ao obter 603.483 votos (65,95% do total), o ex-senador tucano Artur Virgílio conquistou mais do que a eleição a prefeito de Manaus. Sua vitória representa uma nova base para o PSDB. Com a derrota em São Paulo, os tucanos passaram a considerar a eleição na capital do Amazonas - a sexta maior do País - como a mais importante para o partido este ano.

Virgílio ainda venceu a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula, que se engajaram pessoalmente na campanha derrotada da senadora Vanessa Grazziotin (PC do B). Os dois foram a Manaus para participar de comícios da aliada. Abater o tucano era um dos principais projetos de Lula, que, em discurso, disse que apoiaria até um candidato desconhecido contra o antigo desafeto - Virgílio foi um dos mais contundentes opositores no Congresso ao governo do ex-presidente. Vanessa teve 311.607 votos (34,05% do total).

Dois anos depois de perder a reeleição ao Senado justamente para Vanessa, o novo prefeito de Manaus obtém sua revanche e volta a ser um importante quadro da oposição na política nacional. O tucano já declarou que vai propor uma reunião nacional de seu partido depois do pleito para fazer um balanço dos resultados e reformular partes do discurso político da legenda.

Após o anúncio oficial, Virgílio fez um longo discurso em que anunciou uma reforma administrativa no município e informou que procuraria a presidente Dilma no início de fevereiro para formalizar parcerias em projetos de infraestrutura, como a construção de BRTs (linhas expressas de ônibus articulados). Segundo o tucano, a disputa eleitoral ficou para trás.

"Os palanques acabaram. Ela tinha o dela, nós tínhamos o nosso. Aqui no Amazonas ganhou o nosso. Não quer dizer nada para ela, que até mexeu em pontos a favor para a candidata dela. Provou prestígio aqui em Manaus. Mas decisões na cidade são tomadas pelo povo de Manaus", disse o prefeito eleito.

Apesar da sinalização da disposição para um convívio harmonioso com o governo federal, Virgílio não perdeu a oportunidade para alfinetar os adversários. Pouco antes de votar, ao comentar o favoritismo apontado pelas pesquisas, o tucano disse que sua vitória representaria a independência de Manaus e que a cidade estava "acima de mandonismos e caciquismos".

O tucano também contou com um cacique nacional para reforçar sua campanha na reta final. Na quarta-feira, o senador e provável candidato do PSDB à Presidência em 2014, Aécio Neves (MG), foi à capital do Amazonas para participar do comício de encerramento de campanha.

Na ocasião, o então candidato tucano disse que a presença de Aécio era um reconhecimento de seu partido da importância de sua vitória. Na derrota na disputa pelo Senado em 2010, Virgílio ficou magoado com o partido, que, segundo ele, tratou sua candidatura como de segunda linha. O desentendimento fez com que se especulasse uma transferência do tucano para o PSD - algo desmentido oficialmente pelo novo prefeito.

Ainda pela manhã deste domingo, Vanessa Grazziotin procurava justificar o desempenho de sua candidatura e explicar por que sua campanha não decolou mesmo com o apoio de Lula, Dilma e das principais lideranças da política local. Além do ex-presidente e de sua sucessora, a derrota da candidata comunista atinge o senador e líder do governo no Senado, Eduardo Braga (PMDB-AM), e o seu sucessor no governo do Estado, Omar Aziz (PSD). Apesar do clima político acirrado, o Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) não registrou episódios de violência durante a votação. No total, 21 urnas eletrônicas apresentaram problemas e foram trocadas.

Tudo o que sabemos sobre:
Eleições 2012Manausresultado

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.