Artistas brasileiros rezam em Fátima pela paz no mundo

A paz no mundo e a saúde dos doentes foram os pedidos da "Missa da Esperança", celebrada neste domingo no Santuário de Fátima, em Portugal, e que contou com a presença de artistas brasileiros. Fafá de Belém, Joana, Sérgio Reis e o padre Antônio Maria cantaram no Santuário no intervalo de cada mistério do terço rezado em comunhão com as 247 paróquias brasileiras consagradas a Nossa Senhora de Fátima.A cantora Joana, cujo nome de batismo é Maria de Fátima, justificou a presença pela "fé pessoal" que tem em Nossa Senhora. Ela pediu que "a paz nasça no coração da gente para que possamos ensinar os outros a divulgar e difundir a paz no mundo". Afirmando-se também uma devota convicta, Fafá de Belém explicou que o seu nome foi dado pelo pai, que "era muito devoto de Nossa Senhora de Fátima". "Hoje, por coincidência, faz seis anos que o meu pai morreu", contou.Cerca de 350 brasileiros estiveram em Fátima para apoiar a iniciativa do Conselho da Comunidade Luso-Brasileira, que pretende marcar, com o evento, a comunhão de fé entre os dois povos. Para Paes de Andrade, embaixador brasileiro em Portugal, a missa foi mais um sinal do "destino comum" dos dois países. "Estamos unidos pela história, pela fé e pelo sentimento", afirmou. Ele estendeu as orações feitas no Santuário para o desejo de paz no mundo. "O Brasil é pacifista. Na própria Constituição do País está a proibição da guerra", salientou, manifestando preocupação com os conflitos no Médio Oriente e no Iraque.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.