AO VIVO

Eleições: 2020: notícias, resultados e apuração do 2° turno

Arthur Lira é escolhido novo líder do PP na Câmara

Ele e seu pai foram denunciados por Janot em 2015; STF não decidiu se os torna réus ou não

Igor Gadelha, O Estado de S.Paulo

14 de fevereiro de 2017 | 20h02

BRASÍLIA - O deputado Arthur Lira (AL) foi escolhido nesta terça-feira, 14, novo líder do PP na Câmara para o ano legislativo de 2017. Segundo a assessoria da liderança do partido, o parlamentar alagoano, que é investigado pela Operação Lava Jato, foi eleito por “aclamação”. O partido tem a quarta maior bancada da Casa, com 46 parlamentares.

Arthur Lira recebeu a liderança do deputado Aguinaldo Ribeiro (PB), que faz parte do mesmo grupo do deputado alagoano dentro do PP e é um dos nomes cotados para assumir a liderança do governo na Câmara no lugar de André Moura (PSC-SE). No ano passado, o parlamentar alagoano presidiu a Comissão Mista de Orçamento (CMO). 

Em setembro de 2015, Lira e o pai dele, o senador Benedito de Lira (PP-AL), foram denunciados pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, no âmbito da Lava Jato. Janot pediu a condenação dos dois pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. Ambos negam irregularidades. O STF, porém, ainda não decidiu se aceita ou não as denúncias.

Em fevereiro do ano passado, o Supremo determinou o sequestro dos bens de Arthur e Benedito. O pedido partiu da Polícia Federal e foi endossado pelo Ministério Público Federal. O bloqueio alcança R$ 4,2 milhões. Pela decisão, o deputado teve os bens sequestrados até R$ 2,6 milhões, enquanto o senador, até o limite de R$ 1,6 milhão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.