Arsenal do governo contra queda do dólar ganha reforço no Tesouro

Conselho Monetário Nacional anuncia medida para tentar conter valorização do real em relação ao dólar.

BBC Brasil, BBC

06 de outubro de 2010 | 17h36

O governo brasileiro anunciou nesta quarta-feira mais uma medida para tentar conter uma valorização ainda maior do real em relação ao dólar.

Uma resolução do Conselho Monetário Nacional (CMN) ampliou a atuação do Tesouro na compra de moeda americana, que poderá chegar a US$ 9 bilhões adicionais, segundo estimativas.

Essa é a segunda medida contra a queda do dólar anunciada nesta semana. Na segunda-feira, o governo anunciou o aumento de 2% para 4% do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) que incide sobre os dólares que entram no país em busca de rendimentos de curto prazo (renda fixa).

A valorização do real frente ao dólar é resultado de uma série de fatores, entre eles as expectativas positivas em relação à economia brasileira e os juros pagos pelo governo, um dos mais altos do mundo.

O fluxo de dólares para o Brasil foi recorde em setembro, em função principalmente do processo de capitalização da Petrobras. No mês, o saldo ficou positivo em US$ 16,7 bilhões.

Mas na avaliação da equipe econômica, outro fator também estaria tornando a moeda brasileira mais cara e, portanto, menos competitiva: a onda de desvalorizações cambiais promovida por diversos países, sobretudo a China.

Representantes do governo brasileiro esperam tratar desse assunto na cúpula do G20, nos dias 11 e 12 de novembro, em Seul.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.