Arruda será submetido a novos exames hoje em Brasília

O governador afastado do Distrito Federal, José Roberto Arruda (sem partido, ex-DEM), passará por novos exames hoje no Hospital das Forças Armadas, em Brasília. Pela manhã, ele foi submetido a um cateterismo cardíaco solicitado pelo médico particular dele, Brasil Caiado, depois de uma tomografia apontar uma placa de gordura em uma das principais artérias do coração.

CAROL PIRES, Agencia Estado

18 de março de 2010 | 12h31

A Assessoria de Imprensa do Instituto de Cardiologia de Brasília não soube informar a quais outros exames Arruda será submetido nem quanto tempo durou o cateterismo. A esposa do governador cassado, Flávia Arruda, o acompanha no hospital.

Esta é a quarta vez que José Roberto Arruda deixa a superintendência da Polícia Federal (PF), onde está preso, para realizar exames médicos, desde que começou a se queixar de dores e inchaço no tornozelo direito, que operou em novembro. O governador afastado do DF é acusado, em inquérito policial, de ser o chefe do "mensalão do DEM". Ele foi preso por tentativa de suborno de uma das testemunhas do esquema.

Mais conteúdo sobre:
mensalãoDEMprisãoArrudaexames

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.