Arruda se entrega à Polícia Federal

O governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda (ex-DEM), se entregou nesta tarde na Superintendência da Polícia Federal, em Brasília. Segundo informação da PF, ele será recolhido à carceragem da Superintendência, onde ficará à disposição da Justiça.

VANNILDO MENDES, Agencia Estado

11 Fevereiro 2010 | 18h02

Nesta tarde, os ministros da Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça (STJ) referendaram a decisão do ministro Fernando Gonçalves de mandar prender preventivamente o governador por tentativa de coação de testemunhas e obstrução da Justiça. A ordem inclui outros quatro assessores de Arruda.

Segundo a Procuradoria-Geral da República, o procurador-geral Roberto Gurgel vai ao Supremo Tribunal Federal (STF) pedir intervenção federal no Distrito Federal.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.