Arquivada acusação contra deputado

Por unanimidade, o Conselho de Ética arquivou ontem representação em que o PSOL acusava o deputado Paulo Magalhães (DEM-BA) de ter atuado em favor da empreiteira Gautama. O relator, deputado Moreira Mendes (PPS-RO), considerou a suspeita "leviana" por falta de provas. A Gautama foi acusada pela Polícia Federal de fraudar licitações.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.