Armado, músico força radialista a executar sua obra

O músico Marcus Vinícius dos Santos invadiu hoje o estúdio da rádio Atlântida FM, em Porto Alegre, armado de um revólver e exigiu que o apresentador executasse as músicas do CD de sua banda de rock. Durante uma hora o apresentador Márcio Paz limitou-se a informar que a emissora estava sitiada e que as músicas apresentadas eram da banda ACC. Ao final do disco e depois de exigir a repetição de duas faixas, Santos entregou-se ao negociador da Brigada Militar, o tenente-coronel Rodolfo Pacheco, e foi preso em flagrante.Após passar pela portaria da rádio, que funciona no Morro Santa Teresa, Santos rendeu o locutor do programa Na Paz, que estava no ar, apresentando-se como Cram da banda ACC e exigindo a divulgação do trabalho do grupo.O site na internet mostra que o nome da banda é Além do Céu Cinzento e que seus integrantes usam nomes de personagens fictícios, todos criados pela inversão da grafia de seus nomes. Cram é o contrário de Marc, primeiras letras de Marcus. Os outros músicos são Lehcim, Solrac, Olecram, Nosreme e Leafar. As letras e os personagens da ACC tentam remeter a um mundo futurista em que a Terra está fragilizada após a Quarta Guerra Mundial ? não há referências à terceira.A exemplo de suas aparições no palco, Cram vestia um macacão preto e tinha o rosto maquiado. A notícia surpreendeu seu pai, Getúlio Nunes dos Santos, que guardava um revólver calibre 38 escondido em casa. ?Ele era um cara fechado, mas supertranqüilo?, disse em entrevista às rádios locais.No site da banda, Cram, responsável pelo vocal e violão, é apresentado como ?incessante na busca da vitória, capaz de fazer loucuras para alcançar seus objetivos.? Um episódio semelhante ao da Atlântida já foi contado na ficção. O filme "Os Cabeças de Vento" (Airheads), de Michael Lehmann, lançado em 1994, narra a história de um grupo de rock anônimo que invade uma estação de rádio para exigir a divulgação de suas músicas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.