Aprovado relatório que pede a cassação do prefeito de Teresópolis (RJ)

Jorge Mário já se encontra afastado; vereadores decidem pela saída definitiva na 3ª feira

estadão.com.br,

28 de outubro de 2011 | 04h41

SÃO PAULO - Na próxima terça-feira, 1, a Câmara Municipal de Teresópolis, na região serrana fluminense, decide pela cassação definitiva do prefeito Jorge Mário, afastado por 90 dias, desde agosto.

 

O prefeito é suspeito de envolvimento em um esquema de propina durante a utilização de verba da União destinada para socorro à vítimas e recuperação da cidade, uma das atingidas pelos estragos das chuvas de janeiro.

 

Os 12 vereadores aprovaram por unanimidade, durante sessão de uma hora, na noite de sexta-feira, 27, relatório da comissão processante que pede o impeachment de Jorge Mário.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.