Aprovado por Sarney, Garibaldi Alves pode ficar com Integração

A segunda vaga do PMDB no ministério deve ficar com o senador Garibaldi Alves Filho (RN). Em conversa ontem à noite com o ministro chefe da Casa Civil, José Dirceu, o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), manifestou sua preferência pessoal por Garibaldi. Como o nome do senador potiguar também é do agrado do líder da bancada de senadores, Renan Calheiros (AL), o governo deverá acatar a indicação do partido. "Isto vai nos criar um problema sério na base, porque nosso aliado tradicional n o Rio Grande do Norte é o PSB da governadora Vilma Faria, mas fica difícil o governo recusar um nome do Sarney, que também contempla o Renan", contou um petista com acesso ao gabinete presidencial. Segundo este interlocutor do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a segunda vaga do PMDB poderá ser o ministério da Integração. Um dos cenários em discussão no governo hoje é o que prevê a transferência do atual ministro da Integração, Ciro Gomes, para o novo ministério do Desenvolvimento, que poderá ser desmembrado da Indústria e Comércio Exterior. Embora o ministro Luiz Fernando Furlan resista ao desmembramento de sua Pasta, setores do governo avaliam que ele poderá seguir com seu trabalho voltado ao comércio exterior, enquanto Ciro cuida da questão interna. Mas nas conversas de bastidor do núcleo central do governo, em que se destaca o ministro José Dirceu, também se trabalha com uma segunda hipótese: a de Ciro passar ao comando do Planejamento Orçamento e Gestão.MistérioDirceu negou hoje que tenha viajado ontem a noite para o Maranhão para discutir com Sarney a reforma ministerial. "Eu não saí de Brasília", disse ele, ao deixar o salão leste do Palácio do Planalato, onde foi realizada a solenidade de sanção do projeto de ?renda mínima?. A viagem de Dirceu, porém, está sendo confirmada por vários de seus interlocutores. O ministro deixou o salão evitando responder perguntas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.