Aprovação do Orçamento pelo Congresso fica para 2013

As mesas diretoras do Senado e da Câmara decidiram suspender todas as votações de temas que exigem decisão conjunta das duas Casas até o ano que vem. A decisão foi tomada após reunião no gabinete do presidente do Congresso e do Senado, José Sarney (PMDB-AP).

JOÃO DOMINGOS, Agência Estado

19 de dezembro de 2012 | 18h33

Isso significa que, sem sessão conjunta do Congresso, ficam pendentes os seguintes temas: Orçamento da União, créditos suplementares e os mais de 3 mil vetos presidenciais, inclusive o veto parcial de Dilma Rousseff ao projeto sobre distribuição dos royalties do petróleo.

O presidente da Câmara, deputado Marco Maia (PT-RS) disse que está convocada uma sessão conjunta do Congresso para o dia 5 de fevereiro. A suspensão decidida nesta quarta-feira (19) atinge somente assuntos que exigem decisões conjuntas. Separadamente, as votações do Senado e as votações da Câmara não são afetadas e seguem de forma normal.

Tudo o que sabemos sobre:
Congressovotaçãoorçamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.