Aprovação de contas de Aécio Neves é contestada

A Procuradoria Regional Eleitoral entrou com recurso contra a decisão da Corte do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Minas Gerais que no domingo aprovou, com ressalvas, as contas de campanha do governador reeleito, Aécio Neves (PSDB). Ele recebeu doação de R$ 1 milhão da Urucum Mineração, controlada pela Companhia Vale do Rio Doce, concessionária de serviço público. Para a procuradoria, a aprovação das contas contraria parecer de órgão técnico do próprio TRE. No recurso, cita outra doação supostamente irregular, de R$ 400 mil, da TNL Contax, subsidiária da Telemar Participações, também concessionária.

Agencia Estado,

16 Dezembro 2006 | 12h32

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.