Apreendidos 400 quilos de drogas em Minas

As polícias Federal, Militar e Rodoviária apreenderam mais de 400 quilos de drogas, quatro veículos, um avião e detiveram nove suspeitos de narcotráfico. Dois ainda estão foragidos. Foram recolhidos 300 quilos de maconha, 105,2 quilos cocaína, em pó e pasta, e 3,2 quilos de haxixe. A operação teve início em Campinas ainda no sábado e só terminou na manhã de ontem, com a prisão em flagrante dos acusados, dois deles detidos ontem.Os agentes da PF investigavam a quadrilha havia vários meses e quando recebeu a informação do carregamento, começou a seguir os acusados, de Campinas a Passos, no Sul de Minas, onde o avião pousou na tarde de domingo, em meio a um canavial. Segundo o tenente PM Valdeir Soares de Souza, de São Sebastião do Paraíso, os traficantes tiveram que abandonar o avião Cessna de prefixo PT-LUV, no meio do canavial, com 52 quilos de cocaína. Os 11 fugiram em um Gol, um Tipo, Um Kadet e um Pálio. O primeiro veículo interceptado foi o Gol, cujo motorista foi atingido na perna durante troca de tiros com os policiais. Ele foi detido, mas dois de seus comparsas fugiram. No carro estavam 130 quilos de maconha. Depois foi apreendido o Tipo e dois de seus ocupantes. Mais dois fugiram. No Pálio foram detidos mais quatro integrantes da quadrilha, já na noite de domingo. Após a detenção, os acusados levaram os policiais até o local onde a droga estava escondida. "Eles esconderam todo o restante da droga embaixo de pés de café, no município de Passos", disse o tenente.Segundo a PM, também foram apreendidos um telefone celular via satélite e uma bomba para reabastecimento da aeronave durante o vôo. O Cessna tem autonomia de vôo de aproximadamente quatro horas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.