Apreendidas 1.390 caixas de Super Bonder falsificada

A inspetora-geral da alfândega do Porto de Santos, Diva Alves Kodama, apreendeu na última sexta-feirauma carga de um milhão de tubos de cola Super Bonder falsificada. As 1.390 caixas de tubinhos SuperBonder falsificados eram proveniente s de Cingapura. A carga, que aportou no Brasil a bordo do navio Ned Lloyd Olinda, é avaliada em R$ 1 milhão. De abril do ano passado até hoje, esta é a terceira remessa de colas falsificadas que desembarcam no Brasil. O total de apreensões no período chega a 2,5 milhões de tubos da cola. A patente e a marca registrada Super Bonder pertencem à multinacional alemã Henkel.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.