Approbato Machado é eleito na OAB

O advogado paulista Rubens Approbato Machado foi eleito hoje presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). A votação foi marcada pela desistência do outro candidato, o vice-presidente da entidade, o pernambucano Urbano Vitalino, às vésperas do pleito. Numa carta-renúncia encaminhada à OAB ontem, Vitalino acusou o concorrente de usar a máquina administrativa da entidade.Após a divulgação de resultados parciais que confirmavam a vitória, Machado negou que tenha usado recursos da OAB na campanha e disse que gastou R$ 17 mil do próprio bolso e outros R$ 90 mil doados por 30 advogados de São Paulo - dinheiro que foi usado no pagamento do aluguel de jatos que transportaram o candidato pelo País durante a campanha.O novo presidente da OAB disse que, provavelmente, Vitalino desistiu de concorrer porque percebeu que perderia, até mesmo em Pernambuco, Estado natal dele. "Ele tinha consciência e ciência de que estava derrotado", afirmou Machado. "O que eu lamento é que ele investiu contra a própria entidade da qual queria ser presidente."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.