Governo de SP
Governo de SP

Após vice testar positivo para covid, Doria cancela licença

Governador, que viajou com a família para Miami, retorna a São Paulo e deseja pronta recuperação a Rodrigo Garcia

Pedro Venceslau, O Estado de S.Paulo

23 de dezembro de 2020 | 14h52

O governador de São Paulo João Doria (PSDB) cancelou sua licença e anunciou nesta quarta-feira, 23, que vai retornar à capital paulista para reassumir o cargo após o vice-governador, Rodrigo Garcia (DEM), testar positivo para a covid-19. Doria havia enviado nesta terça-feira, 22, para a Assembleia Legislativa do Estado, um ofício comunicando seu afastamento por dez dias do cargo.

O tucano, que viajou com a família para Miami, informou por meio do Twitter que voltará ainda nesta quarta-feira para São Paulo “para seguir o trabalho à frente do governo”. Antes, a previsão era que ele só retornasse às atividades no Palácio dos Bandeirantes no próximo dia 3 de janeiro. 

Conforme a Secretaria de Comunicação do Estado, Garcia, que havia assumido interinamente a chefia do Executivo paulista, iria cumprir as agendas remotamente. Ao anunciar que retorna ao governo, Doria desejou pronta recuperação ao vice.

Em razão da viagem, o governador tucano não participou da entrevista coletiva concedida na terça-feira, 22, na qual foi anunciada a mudança para a fase vermelha do Plano São Paulo, que endurece medidas de isolamento entre as festas de fim de ano, e não estará presente nesta quarta-feira, 23, na divulgação da conclusão do estudo clínico da vacina do Instituto Butantan com a fabricante chinesa Sinovac.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.