Após viagem, Lula quer aumentar investimentos na Antártica

Presidente disse que deseja adquirir um navio laboratório que facilite 'a vida dos pesquisadores brasileiros'

18 de fevereiro de 2008 | 07h30

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta segunda-feira, 18, no programa de rádio semanal, Café com o Presidente, que irá destinar mais recursos para melhorar o potencial de pesquisa na Estação Comandante Ferraz, na Antártica. O presidente considera a idéia de adquirir um navio laboratório "para facilitar a vida dos pesquisadores brasileiros".  Veja Também:Acompanhado da primeira-dama, Lula inicia visita à AntártidaFilho de Lula vai à Antártida por 'interesse científico', diz Planalto Lula oferece recursos para pesquisa científica antártica  Após viagem de um dia à Antártica, Lula disse voltar ao Brasil convencido de que o País precisa ajudar mais a Base, investir mais recursos, levar mais pesquisadores e explorar melhor.  Segundo o presidente, o Brasil, ao contrário do Chile, não tem como opção estratégica ter o território Antártico como um território brasileiro. "O Brasil quer apenas explorar e pesquisar o continente", disse Lula. Na opinião do presidente, as pessoas não têm a dimensão da grandeza do continente Antártico. "Tenho consciência que o mundo precisa de muito mais informações sobre a Antártica do que tem hoje", afirmou Lula.

Tudo o que sabemos sobre:
Café com o PresidenteLulaAntártica

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.