Após um dia de greve, funcionários do BC voltam ao trabalho

Os funcionários do Banco Central (BC) de Brasília decidiram voltar ao trabalho nesta quinta-feira, 28. "Fizemos hoje apenas uma greve de advertência", disse o presidente do Sindicato Nacional dos Técnicos do BC (Sintbacen), Antônio Maranhão. A paralisação desta quarta-feira, de acordo com o sindicalista, contou com a adesão de 70% dos funcionários do BC em Brasília. Os servidores do banco querem que a tabela dos níveis de vencimento seja corrigida para valores próximos aos da Receita Federal, passando de R$ 7 mil para R$ 10 mil. "Em nível nacional, acredito que a greve teve uma adesão de 60%", disse. Em função da greve, o BC não conseguiu divulgar até o momento o valor das reservas internacionais da última terça-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.