Reprodução/ Instagram
Reprodução/ Instagram

Após resultado de Bolsonaro, primeira-dama afirma ter diagnóstico negativo para covid-19

Michelle Bolsonaro usou as redes sociais para anunciar que exame não detectou infecção

Emilly Behnke, O Estado de S.Paulo

11 de julho de 2020 | 12h14

BRASÍLIA — A primeira-dama  Michelle Bolsonaro afirmou neste sábado, 11, que o resultado de seu exame e o de suas filhas para o novo coronavírus foi negativo. Em suas redes sociais, Michelle publicou seu teste com o resultado “não detectado” para o vírus. “Minhas filhas e eu testamos negativo para a covid-19. Agradeço as orações”, escreveu na publicação. 

Michelle é mãe de Laura, 9 anos, sua filha com o presidente Jair Bolsonaro, e Letícia Firmo, 17 anos, fruto de outro relacionamento da primeira-dama. As duas residem no Palácio da Alvorada, residência oficial da presidência.

Após meses minimizando a pandemia, Bolsonaro anunciou ter testado positivo para a covid-19 na terça-feira passada, e desde então segue isolado no Alvorada, despachando remotamente. Integrantes do governo que tiveram contato com o presidente nos sete dias anteriores ao diagnóstico passaram por testes ao longo desta semana. 

Ao menos 13 ministros realizaram exames e testaram negativo. O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, também fez o teste para a covid-19 e informou que o resultado deu negativo.

Os ministros que despacham no Palácio do Planalto continuaram cumprindo agenda presencial no local, enquanto Bolsonaro cumpre agendas por videoconferência. Em nota, o Planalto informou que 108 dos 3.400 servidores testaram positivo para covid-19 até 3 de julho.

Ainda em isolamento, o presidente recebeu a visita do ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno, que já teve o novo coronavírus. O filho mais velho do presidente, o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), também foi recebido no Alvorada. Flávio é alvo de inquérito que apura suposto esquema de “rachadinhas” – apropriação do salário dos servidores – no seu antigo gabinete na Assembleia Legislativa do Rio. 

Na agenda oficial do presidente não constam compromissos oficiais previstos para hoje.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.