Após recesso, três MPs trancam pauta na Câmara

O plenário da Câmara vai retomar os trabalhos esta semana com a pauta trancada por três medidas provisórias. Uma delas trata da capitalização do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), a outra sobre a preparação do Brasil para receber a Olimpíada de 2016 e a terceira sobre o projeto que cria um fundo social com recursos do pré-sal. Esta última, no entanto, é a que menos tem chances de ser votada. O líder do governo, Cândido Vaccarezza, já declarou que a matéria deve ser analisada somente depois das eleições. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.