Após polêmica, transformista volta à Assembléia de SP, de jeans

Henrique Rocha dançou vestido de mulher no último dia 24, o que quase resultou na cassação de deputado

29 de novembro de 2007 | 21h57

A volta do artista transexual Henrique Rocha, de 20 anos, à Assembléia Legislativa de São Paulo não foi tão impactante quanto sua primeira visita, no dia 24 de outubro, quando dançou vestido de mulher.  Veja vídeo da apresentação do transformista   De calça e jaqueta jeans, Rocha foi acompanhado pelo deputado Carlos Giannazi (PSOL) para falar com o presidente da Assembléia, Vaz de Lima (PSDB). "Ele deixou claro que também é contra a homofobia", contou. "Depois do lançamento da frente (em Defesa da Comunidade Gay, Lésbicas, Bissexuais, Travestis e Transgêneros) mais pessoas sabem o que é a nossa luta."  A dança de Henrique quase resultou na cassação do deputado estadual Carlos Giannazi (PSOL). Foi ele que organizou o evento na Casa e trouxe o transformista para o lançamento da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Comunidade GLBTT (gays, lésbicas, bissexuais, travestis e transgêneros). Outro deputado o acusou de quebra de decoro.  O transformista apareceu primeiro com uma capa preta. Por baixo, um minúsculo biquíni. Num segundo momento da apresentação de dança, vestia um espartilho.     

Tudo o que sabemos sobre:
TransformistaAssembléia Legislativa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.