Após pesquisa, Alckmin diz-se agradecido e confiante

O candidato do PSDB ao Governo de São Paulo, Geraldo Alckmin, agradeceu a "enorme manifestação de confiança da população do Estado", demonstrada através da pesquisa Ibope/Estado/TV Globo, na qual ele aparece com possibilidade de vencer as eleições no primeiro turno, com 50% das intenções de voto, enquanto o segundo colocado, o petista Aloizio Mercante, obteve 14%. Alckmin afirma, entretanto, que enxerga o resultado com "humildade" e que a pesquisa o incentiva a trabalhar mais. "A campanha só está começando e o que vale mesmo é o dia da eleição, mas ela é estimulante, fico muito feliz e vamos trabalhar mais ainda", disse, citando sua agenda. Na sexta-feira, o candidato percorreu cinco cidades do interior paulista e neste sábado, depois de já ter visitado Peruíbe e Praia Grande, seguiria de Santos a Americana, para discutir seu programa de governo.

REJANE LIMA, Agência Estado

31 Julho 2010 | 14h06

O tucano também está otimista com os resultados da pesquisa Ibope/Estado/TV Globo (registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número 20809/2010) para a disputa federal, apesar de José Serra aparecer com 34% das intenções de voto, atrás da candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, com 39%. "Eu tenho muita confiança no Serra, pois à medida que a campanha for andando, não basta ter só padrinho, e o Serra vai mostrando as suas propostas, a sua experiência", disse Alckmin, lembrando do passado de Serra como prefeito, governador e ministro na área econômica e social. "Estou confiante na campanha federal", afirmou. "Eu vejo que a situação federal é uma situação de empate, se fizer um mix aí das várias pesquisas, você vê que está na margem de erro".

Quanto ao candidato ao Senado de seu partido, Aloysio Nunes, que obteve apenas 4% das intenções de voto na pesquisa, Alckmin acredita que deverá "crescer muito" depois de 17 de agosto, quando começa a propaganda eleitoral de rádio e TV. "A população ainda não está ligada na questão do Senado. Essa é uma eleição muito grande, com seis escolhas", completou.

Também presente ao evento em Santos, o outro candidato da coligação ao Senado, Orestes Quércia (PMDB), mostrou satisfação com o resultado da pesquisa, na qual aparece em segundo lugar, empatado tecnicamente com outros candidatos.

Mais conteúdo sobre:
eleição Geraldo Alckmin José Serra PSDB

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.