Após indicação, Eduardo Braga recusa ministério da Previdência

Anúncio de confirmação do nome de Garibaldi na pasta foi feita pelo Twitter na tarde desta terça

Estadão.com.br,

07 de dezembro de 2010 | 16h20

SÃO PAULO - Logo depois de sua indicação para assumir a pasta da Previdência no governo de Dilma Rousseff, o ex-governador do Amazonas e senador eleito Eduardo Braga (PMDB) rejeitou nesta desta terça-feira, 7, comandar o ministério. Com a vaga disponível, a liderança do PMDB fez nova indicação e recomendou o nome do senador Garibaldi Alves para ocupar o cargo.

Na tarde desta terça, o líder do PMDB, Henrique Eduardo Alves, anunciou pelo Twitter a confirmação de Garibaldi no comando do ministério da Previdência.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.