Após derrota, Yeda quer recompor base

Ainda sob o impacto da derrota imposta na quarta-feira pela Assembléia, que rejeitou o seu plano de ajuste fiscal, a governadora do Rio Grande do Sul, Yeda Crusius (PSDB), reconheceu ontem a necessidade de reconstruir a base aliada, após se considerar "traída". "Muita gente que votou não teve idéia da conseqüência de seu voto", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.