Após deixar governo de São Paulo, Lembo volta a lecionar

O ex-governador de São Paulo Cláudio Lembo retornou nesta quinta-feira, às 9h20, à Universidade Presbiteriana Mackenzie, onde começou a dar aulas em 1968. Diante de 65 alunos do quarto semestre do curso de Direito, Lembo deu uma aula sobre Direitos Fundamentais.No local, enquanto alguns estudantes prestavam atenção ou enviavam mensagens por meio de seus celulares, outros dormiam. Ao final da aula, Lembo revelou que era mais fácil discursar como governador do que ensinar os jovens, mas aprovou a retomada da convivência com os alunos."Sempre gosto muito de dar aulas, acho muito agradável", disse o ex-governador. "É uma função de ser humano superior, transmitir o conhecimento para as novas gerações para que elas possam acrescer novas visões de mundo".Lembo foi enfático ao lembrar da época em que estava à frente do maior Estado do País. "Não dá nenhuma saudade", afirmou. "Naquela ocasião, servi com o maior empenho, mas prefiro ser qualquer um a ser governador"."O governador é uma figura extremamente difícil, pois ele age com outras pessoas e nem sempre essas pessoas são leais", acrescentou o ex-governador paulista. "Acima de tudo, as ciladas são diárias".Além de dar aulas no Mackenzie, onde foi reitor entre 1997 e 2002, Lembo ainda leciona na Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) e na Universidade de São Paulo (USP).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.